Back

CIVP para febre amarela será emitido apenas digital

CERTIFICADO DE VACINAÇÃO

CIVP para febre amarela será emitido apenas digital

Postos da Anvisa deixarão de emitir o Certificado Internacional de Vacinação de forma presencial
Por: Ascom/Anvisa
Publicado: 14/09/2020 11:34
Última Modificação: 14/09/2020 11:41

A partir do dia 28 de setembro de 2020, os postos da Anvisa não irão mais emitir o Certificado Internacional de Vacinação (CIVP) para febre amarela de forma presencial. O Certificado já pode ser feito de forma totalmente digital, pelo portal de serviços do governo federal.  

Outras unidades emissoras (como clínicas particulares e alguns postos de saúde) continuarão com o atendimento presencial. Consulte a lista aqui. É importante entrar em contato com essas unidades, para saber as regras de cada uma antes de ir. Algumas unidades exigem agendamento prévio e outros só emitem o certificado para pessoas vacinadas no local.  

Exceções 

Alguns casos específicos continuarão a ser atendidos de forma presencial. São eles: 

- Certificado para outras vacinas, como meningite e poliomielite: o atendimento presencial é necessário,  pois é preciso¿considerar¿o histórico vacinal, a idade, o tipo e o lote da vacina, o número de doses recebidas, a dose recomendada e a validade da vacina.  

- Certificado para estrangeiros vacinados no Brasil – se a pessoa não tem CPF, a emissão só pode ser feita de forma presencial.  

Quer saber as notícias da Anvisa em primeira mão? Siga-nos no Twitter @anvisa_oficial, Facebook@AnvisaOficial, Instagram @anvisaoficial e YouTube @anvisaoficial